VINHEDO EM PRESÍDIO

Mente vazia, oficina do diabo.

Todos já devem ter ouvido falar em presos que trabalham em presidios, enquanto cumprem suas penas. São tarefas simples como artesanato, confecção e similares, muitas vezes com rendimento auferido pelo mesmo.

Agora, e se eu dissesse que há um presidio onde seus “ocupantes” produzem vinho? E de forma legal é claro!

Este lugar existe e fica em Portugal, mais precisamente na região de Setubal. Trata-se do estabelecimento Prisional de Pinheiro da Cruz.

Conta a história que o local do presídio pertenceu a um falsário, que teve suas terras confiscadas pelo governo. São 1.600 hectares, com 12 hectares à disposição dos “vinheteiros”.

O local é gerenciado por um ex guarda prisional e atualmente engenheiro. De resto não há mais nada que lembre tecnologia, todos os outros trabalhadores são presidiários cumprindo pena.

A produção iniciou-se na década de 1960 e era basicamente para consumo interno (soa até engraçado pensar em um tempo em que isso era permitido).

A coisa não é bagunçada não, na década de 1980 boa parte do vinhedo foi replantada respeitando-se as castas originais, visando manter a qualidade do vinho.

As castas cultivadas no inesperado vinhedo são as tintas Castelão, Trincadeira, Aragonês, Alicante Bouschet, Syrah e Cabernet Sauvignon. As brancas, em menor proporção são o Arinto, Fernão Pires e Rabo de Ovelha (as castas portuguesas realmente possuem nomes muitos diferentes).

Verba ali é artigo de luxo. A colheita das uvas é feita totalmente de forma manual, com a fermentação feita sem controle de temperatura. A rotulagem é feita usando-se os dedos mesmo, e não há barricas suficientes para manter o vinho estagiando, assim este vai logo para a garrafa e venda.

Por falar em venda todos os vinhos ali produzidos são vendidos em uma loja no próprio presídio, por preços entre 3€ e 6€.

Gusta_Vinho

Anúncios

Tags: , ,

3 Respostas to “VINHEDO EM PRESÍDIO”

  1. Tatiana Sottomayor Says:

    Valeu Gustavinho!
    Adorei o blog, pode ter certeza de que eu e o Rodrigo estaremos sempre por aqui aprendendo com vc!! E qdo tivermos alguma contribuição a fazer agente avisa…
    Ah, a foto da modelo profissional no Tahiti ficou um espetáculo!
    Bjs
    Tatiana

  2. CLOS DE MONTMARTRE – OUTRO VINHEDO INUSITADO « Gusta_Vinho Blog Says:

    […] (Relembre aqui: https://gustavinho.net/2010/04/29/vinhedo-em-presidio). […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: